NOTÍCIAS
Brasil tem 14 mil empresas de TI; maioria de porte micro ou pequeno
Por: Roberta Prescott - 22/09/2016

O Brasil possuía, em 2015, aproximadamente, 13.950 empresas dedicadas a desenvolvimento, produção, distribuição de software e de prestação de serviços no mercado nacional, sendo que aproximadamente 58% delas possuíam atividade principal voltada para desenvolvimento e produção de software ou prestação de serviços.

De acordo com a pesquisa “Mercado Brasileiro de Software e Serviços”, realizada pelo IDC para a Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes), daquelas que atuavam no desenvolvimento e produção de software, cerca de 94% são classificadas como micro e pequenas empresas, quando analisadas pelo critério de número de funcionários.

As empresas dedicadas ao desenvolvimento e produção totalizaram 4.408 negócios e podem ser dividas por porte, sendo: micro empresas (45,62%), pequenas empresas (49,02%), média empresas (4,33%) e grandes empresas (1,03%).

Detendo 60,44% do mercado brasileiro de TI, a região Sudeste é a que mais concentra a distribuição regional do mercado de tecnologia. As regiões Nordeste (10,72%) e Centro-Oeste (10,64%) seguem em segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Em relação à origem do software, a produção local foi responsável por US$ 2,73 bilhões (21,7%), um crescimento de 25,1% em relação ao ano anterior. O software desenvolvido no exterior representou 76,3%; e a produção local para exportação, 2%, um crescimento de 30,1%, em relação a 2014.

Os serviços ficaram divididos em “serviços para o mercado local” (85,4%); “produção local sob encomenda” (9,4%); “desenvolvimento no exterior” (0,65); e “serviços para exportação” (4,5%).

Já o setor de software brasileiro tem como principal segmentação os aplicativos, com US$ 5,33 bilhões (42,3%) de participação. Os aplicativos citados no estudo incluem os pacotes de aplicativos para consumidores, aplicativos comerciais, aplicativos industriais e programas específicos para automação de processos industriais ou de negócios. O segmento “ambientes de desenvolvimento” representou 33,4% do mercado de software brasileiro; infraestrutura e segurança, 22,3%; um crescimento de 35,8%, em relação a 2014.

Considerando os valores relativos ao software de produção local, desenvolvido no exterior e sob encomenda, 25,5% do mercado doméstico de software são voltados para a vertical de serviços e telecom, um crescimento de 32,4% em relação ao ano passado; seguidos de 24,8% direcionados a finanças; indústria (21,7%); comércio (11,1%); governo (4,4%); óleo e gás (4,1%); agroindústria (2%) e outros setores (6,3%).

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
31/07/2018
24/07/2018
11/06/2018
11/06/2018
07/06/2018
03/05/2018
02/05/2018
27/04/2018
27/02/2018
22/02/2018
EDIÇÃO 24
maio-julho 2018
A Convenção Abranet 2018 reuniu, na Bahia, cerca de cem empresas de internet. As discussões foram além do dia a dia e abordaram aspectos como planejamento, inovação e estratégia. E muito mais...
VEJA MAIS EDIÇÕES


Copyright © 2017         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital