NOTÍCIAS
Brasil usa agricultura de precisão e análise de dados do campo para melhor culturas
Por: Roberta Prescott e Pedro Costa - 13/11/2017

O Brasil já é grande usuário da agricultura de precisão e da análise de dados do campo para melhor as culturas. "Estive com os 200 maiores produtores nacionais e entre 20% e 25% deles usam agricultura de precisão e eles têm interesse em expandir isto, porque leva a melhor utilização de insumos e maior produtividade. São forças econômicas que levarão à transformação digital do agronegócio", disse Fernando Martins, presidente da Agrotools, em entrevista em vídeo à CDTV, durante o 31º Seminário Internacional ABDTIC, realizado nos dias 07 e 08 de novembro, em São Paulo.

A Agrotools coleta dados públicos e prove insights para corporações envolvidas com o agronegócio, de bancos e seguradoras a produtoras rurais e varejistas. A empresa utiliza dados de satélites que são observações públicas, mas reconhece que ainda é preciso definir o quem é o dono do dado e como regular estes dados.

Martins explicou que é importante não se identificar o indivíduo, mas os dados da produção, se está plantando cana ou soja, são público até para atender ao Estatuto da Terra, que verifica se a terra está ou não em uso.  Na entrevista, Martins também opina que o projeto de lei do Senado PLS 330/2013 deveria ser mais flexível para suportar modelos de usos de dados que não inviabilize negócios. Assista:

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
22/01/2018
19/01/2018
18/01/2018
16/01/2018
12/01/2018
09/01/2018
08/01/2018
13/12/2017
05/12/2017
14/11/2017
EDIÇÃO 23
dez 2017 - jan/fev 2018
Qual é a fórmula do sucesso? Boas práticas aplicadas por corporações bem-sucedidas sugerem um caminho a seguir. Entrevista com Tadao Takahashi. Discussão sobre a lei de proteção de dados avança. Futurecom: Mais conectividade, mais oportunidades.
VEJA MAIS EDIÇÕES


Copyright © 2017         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital