NOTÍCIAS
Debate: “A Internet que temos é a que queremos?”
Por: Roberta Prescott - 05/08/2016

A Internet que temos atualmente no Brasil é a que podemos ter, diante das deficiências de infraestrutura e dos desafios para expandir o alcance da rede. Ainda que volta e meia queiram mudá-la, a Internet de hoje é bastante aberta, livre e conta com uma base institucional importante para protegê-la, o Marco Civil da Internet.

Com o mote “A Internet que temos é a que queremos?”, a Associação Brasileira de Internet (Abranet) reuniu para um debate os membros do Comitê Gestor da Internet (CGI.br) Demi Getschko, presidente do NIC.br; Flávia Lefèvre Guimarães, conselheira da Proteste, e Eduardo Parajo, presidente da Abranet, além dos diretores da associação Eduardo Neger e José Janone Júnior.

“Há, certamente, um enorme mercado potencial e uma briga para rentabilizar. E isto pode prejudicar a expansão”, pontuou Eduardo Parajo, da Abranet, ressaltando que entre pequenos e médios provedores regionais existe uma vontade grande de investir, mas eles enfrentam limitações evidentes.

Confira a íntegra da cobertura do debate na última edição revista.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
24/11/2017
23/11/2017
23/11/2017
21/11/2017
16/11/2017
15/11/2017
14/11/2017
13/11/2017
13/11/2017
13/11/2017
EDIÇÃO 22
set/nov 2017
Reforma trabalhista: impactos para os ISPs. Conheça o novo cenário e saiba o que muda para as empresas de Internet. E mais: Os robôs chegaram pra valer; A incerteza dos 450 MHz; TIC Educação: o papel dos provedores.
VEJA MAIS EDIÇÕES


Copyright © 2017         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital