Publicada em: 03/10/2017 às 12:00
Notícias


FUTURENET 2017: “O impacto da reforma trabalhista é positivo para o setor”, diz presidente do Seinesp
Da redação

“O impacto da reforma trabalhista é positivo para o setor das empresas de internet”, ressaltou Carlos Bernardi, presidente do Seinesp, durante palestra que apontou as principais alterações na CLT, durante o Futurenet, evento realizado pela Abranet durante a Futurecom 2017.  “Foram mais de cem artigos da CLT alterados, com esclarecimento de pontos importantes. Eu tenho fé de que isto vai diminuir a insegurança jurídica e as empresas vão se sentir mais seguras para investir”, completou.  

Entre os pontos ressaltados, Bernardi destacou o trabalho a distância, o fracionamento de férias, o banco de horas, a livre estipulação contratual para quem tem salário acima de R$ 12 mil e mudanças no intervalo para refeição. Ele também mencionou como pontos positivos o trabalho intermitente do regime de tempo parcial.

“Se o funcionário assinou e concordou, você se livra da insegurança jurídica”, disse, fazendo referencia ao negociado sobre o legislado. “Mas não podemos correr risco de abuso. Por isto, pedimos para as empresas para, antes de empregar as novas regras, consultar os sindicatos”, completou.   

Para ele, a criação da cláusula arbitral e câmara arbitral significarão menos processos no judiciário. “O Seinesp tem câmara conciliatória e estamos vendo a possibilidade de instalar uma câmara arbitral”, adiantou.   

Bernardi alertou as empresas a estudarem as mudanças e não deixarem apenas a cargo do departamento pessoal ou contador. “Se envolvam e leiam. Os gestores precisam saber sobre as novas leis tanto para usufruir benefícios como para evitar a criação de passivos trabalhistas”, defendeu.

Não deixe de ler a última edição da revista Abranet com entrevista especial sobre as mudanças da reforma trabalhista para o setor. Clique aqui


Powered by Publique!