Publicada em: 25/10/2017 às 11:13
Notícias


Fornecedores rotulam produtos antigos para 'vender' transformação digital
Roberta Prescott

Na necessidade de se adequar às demandas das empresas que passam pela transformação digital, fornecedores de tecnologia estão colocando rótulo de digital no portfolio atual. "O mesmo produto está travestido de transformação digital", ressaltou Cassio Dreyfuss, vice-presidente de pesquisa do Gartner, durante coletiva de imprensa no Gartner Symposium/ITxpo, nesta terça-feira, 24/10, ao explicar se a indústria fornecedora está adequada para suprir as necessidades das companhias.

"Estamos ajudando os provedores para discutir qual pode ser o portfólio de tecnologia para transformação digital", apontou Dreyfuss. O VP da consultoria explicou que, na teoria, qualquer tecnologia pode ser um componente nesta jornada, mas isto não significa que o produto, em si, seja a solução para transformação digital da companhia.

Um fator fundamental neste processo é a interoperabilidade entre os componentes. "Na nossa pesquisa com CIOs sobre os fornecedores mais amigáveis para transformação digital, eles apontam que os produtos monolíticos não são amigáveis, ou seja, a estratégia do passo de lock-in não serve mais", advertiu Dreyfuss.

Do lado das empresas compradoras, a orientação é saber o que quer antes de abrir a porta para o fornecedor. "Os CIOs dizem que querem aumentar as parcerias com os vendors nos próximos anos, mas com base em uma arquitetura mais ágil e flexível e não com soluções de ponta a ponta, porque isto não vai servir para transformação digital", disse. Na coletiva, o Gartner destacou que são as pessoas as grandes responsáveis pelo fracasso ou pelo sucesso da transformação digital.


Powered by Publique!