Publicada em: 17/01/2018 às 09:29
Notícias


Google investirá USD 30 bi em infraestrutura; terá três cabos submarinos, sendo um privado
Roberta Prescott

O Google está avançando ainda mais na parte de infraestrutura com objetivo de expandir seus negócios de computação em nuvem e acirrar a competição com Microsoft e Amazon. A empresa anunciou que investirá cerca de USD 30 bilhões para melhorar sua infraestrutura nos próximos três anos e que planeja contar com mais três cabos submarinos, sendo um privado, percorrendo rotas diferentes.   

Baizado de Curie, o cabo ligará o Chile a Los Angeles e será totalmente privado em nível internacional. De acordo com o Google, com o Curie, a empresa se torna a primeira companhia não especializada em telecomunicações que constrói um cabo privado. Entre as vantagens de instalar cabos de dados submarinos privados, está tanto a flexibilidade para tomar decisões quanto ao roteamento de dados como a otimização da latência, observando os interesses dos usuários do Google e dos clientes do Google Cloud Platform.

O nome é uma homenagem a Marie Curie, cientista que liderou uma série de pesquisas pioneiras no campo da radioatividade, sendo a única pessoa na história a receber Prêmios Nobel em duas áreas diferentes: Física e Química.

O segundo cabo, Havfrue, será por meio de consórcio e conectará os Estados Unidos à Dinamarca e Irlanda. Ele será construído pela TE SubCom e é esperado para estar em funcionamento no fim de 2019. Outro cabo será do sistema Hong Kong-Guam Cable (HK-G), um consórcio que interconecta hubs na Ásia.   


Powered by Publique!