NOTÍCIAS
Governo abre consulta pública para debater o Comitê Gestor da Internet
Por: Luis Osvaldo Grossmann* - 08/08/2017

O governo abriu nesta terça-feira, 8/8, uma consulta pública que tem por objetivo a “atualização da estrutura de governança da Internet brasileira”, com “adequada representação dos diferentes setores que integram a cadeia de valor da Internet no Brasil e equilíbrio entre os setores representados”.

A partir de duas questões de fundo - quais competências devem ser atribuídas ao CGI.br e quais medidas devem ser adotadas para garantir a representação social no CGI.br – a consulta detalha em 18 perguntas a busca de subsídios para mexer nas competências do Comitê Gestor da Internet e na escolha dos representantes, com a definição de limites ao colégio eleitoral pelo perfil das entidades, restrições a reeleições ou reconduções. Ela estará aberta por 30 dias, até as 18h de 8/9, via Participa.br.

As mudanças na composição do Comitê Gestor são desejo antigo das operadoras de telecomunicações, que reclamam da posição minoritária por terem apenas um assento dentre os 11 representantes da sociedade civil eleitos (além dos 9 nomes do governo e um de notório saber). 

A consulta, elaborada pela Secretaria de Políticas de Informática do MCTIC, que coordena o CGI.br, parte da premissa de “harmonização da estrutura de governança da Internet brasileira ao intenso processo de transformação digital que impacta os padrões de produção e consumo da atualidade”. 

Sustenta, ainda, a necessidade de “atualização do Decreto n. 4.829, de 3 de setembro de 2003, que estabelece estrutura para a governança da Internet no Brasil”, e da “adoção de medidas de transição entre a atual estrutura e composição e eventuais novas regras para sua atualização”.

* Luis Osvaldo Grossmann é repórter do portal Convergência Digital.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
05/10/2018
01/10/2018
28/09/2018
26/09/2018
18/09/2018
05/09/2018
31/08/2018
30/08/2018
29/08/2018
24/08/2018
EDIÇÃO 25
agosto-outubro 2018
Ordenar o uso e organizar o compartilhamento das infraestruturas aérea e terrestre são medidas imperativas para as empresas de energia, telecomunicações e de internet. E muito mais...
VEJA MAIS EDIÇÕES


Copyright © 2018         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital