Publicada em: 24/10/2017 às 19:16
Notícias


Inteligência artificial, segurança e Internet das Coisas impulsionam a transformação digital
Roberta Prescott

Inteligência artificial (IA), segurança digital e internet das coisas (IoT) vão impulsionar a maior adoção da transformação digital nas empresas. Chamadas pelo Gartner de tecnologias de efeito de rede elas exercem papel fundamental para ajudar líderes de TI (CIOs) a tomar decisões táticas de tecnologia isoladas e construir uma plataforma de negócios digital estratégica integrada. 

Esse conjunto único de tecnologias cria padrões virtuosos de crescimento, permitindo que o executivo lide com um ambiente em que as ondas disruptivas se acumulem, exponencialmente. Durante o Gartner Symposium/ITxpo, Mike Harris, vice-presidente sênior de pesquisas do Gartner, destacou que IA será fundamental para resolver os desafios de segurança digital e IoT.

“Será uma defesa essencial, criando continuamente risco adaptativo e respostas de confiança. Então, priorize seu investimento em IA, começando no topo de sua organização com líderes capacitados”, ressaltou Harris, reconhecendo que muitas empresas não poderão contratar as pessoas necessárias em IA e segurança para impulsionar a transformação digital.

Harris destacou que cerca de 10% dos CIOs agora estão usando IA no processo de recrutamento e gerenciamento de talentos. Isso irá ajudá-los a encontrar pessoas e a desenvolver seus colaboradores. A inovação, segundo ele, permite combinar as melhores capacidades das pessoas com as melhores capacidades dos sistemas de aprendizado de máquina. 

O Gartner defende que o sucesso digital não é apenas para grandes empresas multinacionais ou os atuais líderes da indústria, mas para todas as firmas, grandes ou pequenas, públicas ou privadas, que conseguem engajar toda a organização, definir o foco digital certo e usar as ferramentas certas para escalar negócios digitais.

Segundo a consultoria, no processo de transformação digital as empresas podem contar com três aceleradores: a destreza digital; as tecnologias de efeito de rede e a industrialização da plataforma digital, ou seja, fazer com que ela seja integrada e coordenada, permitindo adicionar ou interromper dinamicamente os “jogadores” ou mudar a relação entre eles. 

Para Hung LeHong, vice-presidente e membro do Gartner, a “beleza” da plataforma digital industrializada é que ela permite que você crie valor em todas as direções em escala: para cima, para dentro e para fora. “A criação de valor costumava ser unidirecional: da organização aos clientes. Agora, a criação de valor pode escalar em todas as direções, de qualquer pessoa, em qualquer lugar, para qualquer um, em qualquer lugar”, disse. 


Powered by Publique!