NOTÍCIAS
PIX: tempo real vai gerar uma nova onda de crescimento do comércio eletrônico
Por: Redação da Abranet - 27/07/2020

O comércio eletrônico no Brasil vai observar uma nova onda de crescimento a partir de novembro, quando entrará em operação o PIX, plataforma de pagamentos instantâneos do Banco Central (Bacen). A expectativa é da JD Consultores.

De acordo com José Jardim, sócio e diretor comercial da empresa, o novo sistema dará mais agilidade e segurança às lojas virtuais. Jardim afirmou que, hoje, de cada dez transações no e-commerce, seis são feitas com cartão de crédito e o restante, por boleto bancário. No entanto, 50% dessas vendas não são concretizadas, pois o consumidor acaba não quitando o boleto. 

O procedimento padrão no comércio eletrônico é oferecer até três dias úteis para o pagamento de um boleto. O produto fica separado no estoque até que a instituição bancária confirme o pagamento, o que pode levar até 72 horas. Nesse período de espera, que pode levar até seis dias úteis entre a data da compra e a confirmação do pagamento, o produto fica indisponível no estoque. Caso o boleto não seja quitado, o lojista perde não apenas a venda inicial, mas também a oportunidade de vender o produto para outro comprador. 

Jardim explica que, como na nova plataforma o pagamento é feito em tempo real, quando o consumidor realizar uma compra na modalidade PIX, o lojista terá a segurança de que a venda foi concretizada e poderá despachar o produto imediatamente. Ganha o lojista e o consumidor, que receberá o produto em menos tempo. 

O executivo diz ainda que os custos operacionais mais baixos proporcionados pelo PIX (as taxas de transação para o lojista devem ser menores do que as com cartão de crédito e boleto) também contribuirão para o crescimento do setor e para a redução da mortalidade dos pequenos negócios, que dependem de agilidade e economia para continuar na ativa. 

O custo de uma transação pode variar entre 3% e 7% do valor da venda, ressalta Jardim, dependendo do gateway de pagamento escolhido pelo lojista, com o saldo liberado em até 60 dias. Ele observa que o PIX vai permitir que o lojista receba diretamente do consumidor o dinheiro da venda, com taxas menores, e sem a necessidade de esperar a liberação do saldo.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
18/09/2020
17/09/2020
16/09/2020
14/09/2020
10/09/2020
04/09/2020
01/09/2020
24/08/2020
17/08/2020
14/08/2020


Copyright © 2014-2020         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital