NOTÍCIAS
Prefeitura de Porto Alegre quer vender 1000 km de fibra óptica
Por: Da Agência Telebrasil - 24/05/2019

A prefeitura de Porto Alegre quer vender ou repassar para a concessão privada uma rede de aproximadamente 1000 km de fibra óptica, revelou o prefeito Nelson Marchezan Júnior, ao participar do Painel Telebrasil 2019, nesta terça-feira, 21/05. "Queremos tirar essa responsabilidade de fazer esse ativo funcionar, mas estamos encontrando uma certa dificuldade de encontrar interessados", pontou o prefeito da capital gaúcha.

Porto Alegre trabalha com a expectativa de atrair mais investimentos para o município, que hoje tem quase uma centena de antenas programadas para serem instaladas, levando conectividades para vários pontos cegos da cidade. Nelson Marchezan Júnior explicou que a ideia da prefeitura é fazer um contrato - de 15 a 20 anos onde a empresa privada teria o direito de explorar pagando pelo ativo ou entregando serviços gratuitos determinados pela gestão pública.

Porto Alegre desburocratizou a implementação de antenas. O prefeito da cidade lembrou que teve de aprovar uma lei municipal para assumir que iriam cumprir uma Lei federal. Com a medida, a capital gaúcha saltou das últimas posições no ranking das cidades amigas da Internet, produzido pelo Teleco, para a 4ª posição em 2018, a melhor de uma capital brasileira.

Entre as simplificações trazidas pela lei gáucha está a retirada da necessidade de que sete secretarias se manifestassem sobre a necessidade de instalação de uma antena. “Hoje o técnico responde profissionalmente pelas informações que ele entrega na prefeitura.E essa flexibilização trará investimentos de R$ 70 milhões que estavam represados por parte das operadoras, além de ampliar a entrega de serviços ao cidadão", completou Marchezan Júnior.

Fonte: Agência Telebrasil

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
23/09/2020
09/09/2020
25/08/2020
21/08/2020
31/07/2020
30/07/2020
07/07/2020
29/05/2020
27/05/2020
15/05/2020


Copyright © 2014-2020         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital