Publicada em: 28/02/2019 às 06:10
Notícias


Prestadoras de SCM somam 7,3 milhões de acessos banda larga fixa
Redação Abranet

O mercado de banda larga fixa no Brasil registrou um aumento de 0,24% em relação a dezembro de 2018 e crescimento de 6,49% nos últimos 12 meses dos contratos ativos em janeiro de 2019, chegando a 31,2 milhões — um ganho de 74,9 mil acessos no último mês. As prestadoras de SCM — ou as prestadoras de pequeno porte (PPP), conforme são classificadas pela Anatel — possuem até 5% do mercado e juntas somaram 7.364.277 contratos de banda larga fixa em janeiro.

A fibra óptica segue avançando e se tornando mais comum. Ao longo de 2018, as conexões por fibra quase dobraram (de 3,1 milhões para 5,7 milhões) e atualmente representam 18% dos acessos fixos à internet – um salto frente os 10,7% de um ano antes. O cabo (leia-se, Net) tem 31% do total (9,4 milhões). Mas a prevalência ainda é das conexões pela linha telefônica (xDSL), com praticamente 4 de cada 10 acessos.

O Ceará foi o Estado que apresentou maior aumento percentual em relação a janeiro de 2018, houve um aumento de 123.053 contratos (+16,51%). Em todos estados houve crescimento no número de clientes em 12 meses exceto em Roraima que apresentou redução de -784 clientes (-2,06%).

No mês passado, os números divulgados pela Anatel revelou que as empresas de Internet avançaram e mexeram no ranking da banda larga fixa no Brasil. Em 2018, houve um incremento de 2,14 milhões de assinaturas no serviço de banda larga fixa, um aumento de 7,41% na comparação com 2017. Com isto, o País fechou o ano passado somando 31,05 milhões de contratos ativos no serviço de banda larga fixa.


Powered by Publique!