Publicada em: 31/08/2015 às 18:31
Press release


Criação de novos nomes de domínio na Internet gera oportunidades de negócios para empresas
Press Release

Oferecer nomes de domínio como .dog ou .blog ou ter o nome da empresa como a parte final do endereço na Internet no lugar do tradicional .com ou .org já é possível. A ICANN, sigla em inglês para Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números, vai expandir de 22 para 1.300 os nomes de domínio genéricos existentes.

A medida abre várias oportunidades de negócios para os provedores e também pode fazer com que as empresas melhorem sua presença na internet. Esses dois assuntos serão discutidos na Conferência Regional Abranet Sul, que ocorre nos dias 1 e 2 de setembro, na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), em Curitiba, Paraná. As inscrições para o evento estão abertas e podem ser feitas pelo site oficial (www.conferenciaregionalabranet.eventize.com.br/).

A ICANN é uma entidade sem fins lucrativos, liderada pelo setor privado global, e que tem como uma de suas responsabilidades administrar o sistema de nomes de domínio da Internet. Daniel Fink, gerente de Relacionamento da ICANN para o Brasil e um dos palestrantes da Conferência Regional, explica que atualmente existem dois tipos de domínios: os de país – .br ou .uk, por exemplo – e os genéricos – .com ou .net.
Por decisão das Comunidades de Múltiplas Partes Interessadas da Corporação, formadas por representantes de vários segmentos da sociedade que discutem medidas para aprimoramento da internet, a ICANN promoveu essa expansão de domínios. Em 2012, a ICANN abriu uma chamada para que as empresas registrassem novos nomes e marcas e recebeu uma demanda por 1.900 domínios genéricos. Alguns eram repetidos, outros não podiam ser atendidos, chegando aos 1.300 domínios disponibilizados.

Na palestra a ser apresentada no primeiro dia da Conferência Regional Abranet Sul, às 16h30 no Auditório B, Vanda Scartezini, representante da ICANN, vai discutir as oportunidades abertas com essa mudança e como se tornar um registrador acreditado de domínios. Para os provedores poder oferecer novos nomes de domínio, precisam passar pelo processo de acreditação junto a ICANN. Como obter a acreditação também será discutido por Vanda Scartezini na Conferência Regional Abranet Sul.
“As empresas e marcas poderão ser identificadas de forma direta com seus endereços na internet. Já existem endereços como .pizza, .coffee, .ltda. e aqui no Brasil temos a iniciativa da Rede Globo, que lançou o domínio lojas.globo, e não lojas.globo.com. Ou seja, a gente tem um mundo de novos nomes sendo criados e comercializados”, comenta Fink.

O uso desses novos domínios autorizados pela ICANN também gera impacto nas empresas que têm presença na internet. Daniel Fink vai apresentar, no dia 2 de setembro, às 16h30, no Auditório B, uma palestra sobre a identidade das companhias na Internet e o crescimento de seus negócios digitais. “Queremos mostrar como as empresas podem melhorar sua presença na internet, dando exemplos de como usar os novos nomes para isso”, diz.

A edição da Conferência Regional Abranet de 2015 vai tratar do tema “Cadeia de valor entre provedores de Internet e oportunidades e desafios das empresas”. Destina-se a empresas de Internet, profissionais liberais, gestores de órgãos públicos, pesquisadores e consumidores. Várias empresas e entidades do setor estarão presentes: Aligera, Bluecom, CGI/Nic.br, ChinaTelecom, Comba, Gerencianet, IBQP, Icann, iCities, InternetSul, Solintel, Wifi Max e Wztech.

Atendimento à imprensa:
Acadêmica Agência de Comunicação – www.academica.jor.br
Erika Coradin – erika@academica.jor.br
Tels. (11) 5081-5237 / (11) 5549-1863


Powered by Publique!