NOTÍCIAS
W3C produz manual de boas práticas para dados na web
Por: Redação da Abranet - 07/11/2019

O W3C (World Wide Web Consortium) divulgou um manual de boas práticas para dados na web em português. O W3C é um consócio formado por 450 membros, entre empresas, órgãos governamentais e organizações independentes, dedicado à padronização da web, com a finalidade de estabelecer padrões para a criação e a interpretação de conteúdos para a web. 

Redigido por especialistas brasileiros do Centro de Estudos sobre Tecnologias Web (Ceweb.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) e da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o documento mostra como profissionais envolvidos com a gestão da informação, desenvolvedores e demais interessados em compartilhar e reutilizar dados podem publicá-los de maneira a alcançar maiores benefícios e aproveitamento.

Referência para todas as pessoas que publicam e consomem dados na Web, tem 35 boas práticas com orientações que ajudam a promover a reutilização dos dados e a fortalecer a confiança nos dados entre os desenvolvedores - seja qual for a tecnologia que escolham - incrementando o potencial para inovações genuínas.

O material pode ser acessado em https://www.w3.org/Translations/DWBP-pt-BR/.   

Conferência Web.br 2019  

Ainda sobre governança da web, foi realizada, nos dias 30 e 31 de outubro, em São Paulo, a Conferência Web.br 2019 pelo Centro de Estudos sobre Tecnologias Web (Ceweb.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br). O evento contou com apresentações de especialistas nacionais e internacionais sobre temas diversos como os 30 anos da Web, ética e Inteligência artificial, acessibilidade, descentralização da Web, design thinking, entre outros.

Durante a abertura, Hartmut Glaser (CGI.br) enalteceu o papel fundamental dos recursos obtidos por meio do registro de domínios .br que possibilitam a realização de eventos como a Web.br. "Promovemos a Conferência desde 2009 com o intuito de estimular debates sobre os desafios e oportunidades da Web. Queremos uma Web ética e inclusiva. Não podemos parar. Estamos em desenvolvimento", destacou. Complementando, Vagner Diniz (Ceweb.br) chamou atenção para a importância de uma Web descentralizada, aberta e livre: "Com esta edição da Conferência, buscamos mostrar que a Web não se relaciona apenas com a parte técnica. É fundamental desenvolver uma Web melhor nos dias de hoje, em que o que acontece no mundo digital repercute no mundo off-line. Somos todos responsáveis pelo o que acontece na Web, pois estamos dentro da rede".

Em painel com Natalia Neris (InternetLab), Thiago Rondon (AppCívico) comentou sobre o futuro da democracia na Web. "Por mais que a tecnologia se desenvolva muito rápido, há uma necessidade de fortalecer as habilidades humanas. Se não furarmos as bolhas de algoritmos, não teremos condições de construir nada diferente na Web". Já o impacto da tecnologia na vida dos jovens da periferia foi discutido por William Oliveira (perifaCode e Tecnogueto), Juliana Pereira (Instituto da Oportunidade Social) e Guilherme Gonçalo (Instituto da Oportunidade Social), que apresentaram estudos de casos.

Durante o evento, Jonice Oliveira (UFRJ) participou do painel "Design, Ética e IA". Ela comentou sobre a dificuldade que as máquinas possuem para identificar e diferenciar padrões, e que as pessoas precisam inserir dados de qualidade no sistema para que os resultados da Inteligência Artificial sejam satisfatórios. Na mesma atividade, Diogo Cortiz (Ceweb.br) complementou que "IA não é um ser supremo, mas um conjunto de técnicas que resolve problemas específicos. Ela não sabe qual problema resolver e precisa dos desenvolvedores e designers para isso".

Vídeos e fotos das apresentações serão disponibilizados no site da Conferência: https://conferenciaweb.w3c.br/.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
10/12/2019
10/12/2019
10/12/2019
30/11/2019
28/11/2019
27/11/2019
25/11/2019
14/11/2019
08/11/2019
07/11/2019


Copyright © 2019         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital