NOTÍCIAS
Abranet quer negociação direta com o BNDES para linhas de crédito para as pequenas empresas dos setores de Internet e de telecomunicações
Por: Redação da Abranet - 16/04/2020

A Associação Brasileira de Internet (Abranet) quer uma negociação direta com o BNDES para linhas de crédito voltadas às pequenas empresas dos setores de Internet e Telecomunicações. A entidade acredita que os créditos para ajudar as pequenas empresas a sobreviverem frente à crise econômica causada pela pandemia de Covid-19, só podem ser assumidos sem o spread bancário, seja por meio de negociação direta com BNDES ou de determinação para que os bancos não incluam spread nesse tipo de crédito.

A pesquisa do SEBRAE “O impacto da pandemia do coronavírus nos pequenos negócios” deixou ainda mais evidente a dificuldade das pequenas empresas, uma vez que segundo a pesquisa cerca de 60% dos pedidos realizados por pequenas empresas foram negados. Ter acesso às linhas de financiamento emergenciais que vêm sendo divulgadas pelo governo como medidas para tentar enfrentar os impactos econômicos decorrentes da pandemia de Covid-19 no Brasil ainda é um grande desafio para as pequenas prestadoras de serviços de telecomunicações e os pequenos provedores de conectividade Internet.

Um exemplo é o como o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) vai agir. A instituição prevê injeção inicial de R$ 55 bilhões na economia para viabilizar atividades de empresas de todos os setores. Entre as ações que envolvem essa medida encontra-se uma que consiste na expansão imediata da oferta de capital para as necessidades do dia a dia das empresas, por meio da ampliação da abrangência da linha "BNDES Crédito Pequenas Empresas", que deverá passar a contemplar desde microempresas até aquelas com faturamento anual de até R$ 300 milhões. O limite de crédito por beneficiário por ano será elevado de R$ 10 milhões para R$ 70 milhões, colaborando com a necessidade de capital de giro. As empresas terão 24 meses de carência e cinco anos de prazo total para pagar esses novos financiamentos.

O BNDES espera que a oferta desse crédito seja rápida, ágil e flexível para as empresas de todos os portes, por meio da rede de atendimento de seus agentes financeiros credenciados, contribuindo para a manutenção de empregos. A oferta incluirá pelo menos R$ 5 bilhões em apoio rápido do banco às MPMEs, as empresas que mais empregam no país. Mas a agilidade e o acesso divulgados pelo BNDES podem não se transformar em realidade, apontou Eduardo Neger, presidente da Associação Brasileira de Internet, durante reunião por videoconferência com associados em 2/4. "Existe, sim, uma dificuldade em obter sucesso no acesso a esses créditos por meio dos bancos credenciados pelo BNDES. Mas, do ponto de vista operacional, não está sendo efetivo na ponta, nos bancos", disse.

O vice-presidente da Abranet, Eduardo Parajo, comentou que o ideal seria que as pequenas prestadoras de serviço de telecomunicações e os pequenos provedores de conectividade Internet pudessem pleitear o acesso a esse crédito diretamente junto ao BNDES, sem banco comercial como intermediário, não só pelas dificuldades nos processos, mas também por causa da aplicação de spread bancário, que elevam os  juros dos 3,75% ao ano anunciados pelo governo para perto de 15% ao ano. "Estamos insistindo junto ao BNDES que o momento exige algo diferenciado e não a aplicação das regras normais." 

A Abranet reporta que o assunto é muito urgente, porque as pequenas empresas dos setores de telecomunicações e Internet não possuem capital de giro para suportar as dificuldades que estão se apresentando por mais 25 ou 30 dias. Vale lembrar que, além de manter as operações, é necessário adequar a infraestrutura a situação que se apresenta e que é diferente das projeções do início deste ano. O BNDES conhece o setor e possui capacidade técnica para avaliar com a agilidade necessária às demandas de crédito das pequenas empresas e o esforço do governo em buscar uma condição de menor juros possíveljuros possíveis não pode ser inutilizada pela postura de agentes financeiros.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
06/07/2020
02/07/2020
29/06/2020
25/06/2020
24/06/2020
23/06/2020
18/06/2020
18/06/2020
09/06/2020
08/06/2020


Copyright © 2014-2020         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital