NOTÍCIAS
Segurança tem de ser protagonista na transformação digital
Por: Roberta Prescott - 29/05/2018

A evolução na segurança da informação precisa acompanhar a transformação digital das companhias. Os gestores devem pensar em segurança desde o início do processo e colocá-la como um dos pilares principais de toda a estratégia. O recado foi dado pela empresa de segurança Fortinet, em coletiva de imprensa nessa segunda-feira (28/05). “As empresas têm de colocar a segurança como protagonista da transformação digital”, destacou Carlos Cortizo, gerente de engenharia de sistemas da Fortinet Brasil.

Ao comentar tendências de segurança, Cortizo apontou que, até 2020, 60% das empresas digitais sofrerão falhas importantes nos serviços por causa da incapacidade das equipes de TI, tanto de formação quanto de ferramentas, de gerenciar o risco digital. Ele lembrou que, assim como outras regiões, a América Latina também tem sido alvo de ataques de diversas naturezas, incluindo roubo de identidade, ciberextorsão, ransomware, entre outras.

Foram, segundo mostrou, 70 milhões de ciberataques na região somente na primeira metade de 2017. No setor bancário, 66% das organizações financeiras enfrentaram, pelo menos um ataque de cibersegurança, nos últimos 24 meses e em 98% os sistemas e as informações dos clientes estiveram comprometidos. 

Falando sobre a segurança cibernética e gestão de risco em bancos e empresas de serviços financeiros, Cortizo destacou que as instituições têm como desafios a eficiência e a integridade das operações e dos dados; o gerenciamento do risco, que pressupõe entender a que a companhia está exposta, e o cumprimento de normas, padrões ou regulações do mercado e do setor.

“Os bancos ainda têm regras estáticas. Eles precisam usar a inteligência artificial para entender o comportamento e o perfil de uso para criar regras”, disse Alexandre Bonatti, gerente de engenharia de sistemas Fortinet Brasil, ao comentar como os bancos poderiam entender seu cliente e abrir exceções conforme seu padrão de uso. “A segurança hoje está entendendo o comportamento de forma individualizada, entendendo as exceções. Vejo isto acontecendo nas áreas financeiras e vejo os bancos com a preocupação da personalização”, completou.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
15/01/2019
09/01/2019
21/12/2018
18/12/2018
13/12/2018
12/12/2018
04/12/2018
29/11/2018
16/11/2018
31/10/2018
EDIÇÃO 26
nov-dez 2018 / jan 2019
Estudo da Abranet revela a existência de um universo díspar entre os prestadores, o que impõe desafios à regulamentação mínima necessária para manter o mercado estruturado e o limite aceitável para a sobrevivência das empresas.
E muito mais...
VEJA MAIS EDIÇÕES


Copyright © 2018         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital