NOTÍCIAS
Uma em cada cinco conexões à internet fixa no Brasil são por fibra óptica
Por: Luís Osvaldo Grossmann - 30/04/2019

No que vem sendo uma trajetória constante, os acessos fixos à internet voltaram a crescer em março (+21,4 mil), acumulando em 2019 um aumento líquido de 223 mil conexões (+5,5%) e totalizando 31,43 milhões de conexões ativas no fim do primeiro trimestre deste ano. E aqui a participação relevante dos pequenos prestadores de serviços de telecomunicações e de Internet.

O crescimento na oferta de banda larga fixa estsá concentrado nas empresas com menos de 50 mil assinantes. Em 12 meses, de acordo com os dados da Agência Reguladora, esse grupo cresceu 32% e, hoje, são responsáveis 21% dos acessos fixos à internet.

O relatório da Anatel também mostra que o desempenho da oferta de banda larga fixa se dá predominantemente pela substituição dos acessos por conexões em fibra óptica, especialmente, mas não somente, sobre a rede de cobre (xDSL). Já são 6,33 milhões de acessos em fibra, ou 20,1% do total.

A modernização dos acessos se mostra nas 660 mil novas conexões entre janeiro e março deste ano, o triplo do crescimento líquido de 223 mil no período. Nos últimos 12 meses, foram 2,7 milhões de novos acessos em fibra, para um crescimento líquido de 1,7 milhão desde março de 2018.

Daí a proporção da fibra ter passado de 12% para os atuais 20%. Enquanto isso, o xDSL recuou de 43%, mas ainda representa 37% de todos os acessos em serviço no Brasil. As conexões por cabo coaxial são a segunda tecnologia mais usada, com 30%. Depois a fibra, mas que cresce enquanto o xDSL cai e o cabo estabilizou. Com relação aos grandes grupos, a concentração continua a tônica da oferta do serviço no país. Claro/Net, Telefônica e Oi são responsáveis por 72% do mercado.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
21/05/2019
03/05/2019
30/04/2019
24/04/2019
16/04/2019
29/03/2019
27/03/2019
25/03/2019
06/03/2019
27/02/2019
EDIÇÃO 26
nov-dez 2018 / jan 2019
Estudo da Abranet revela a existência de um universo díspar entre os prestadores, o que impõe desafios à regulamentação mínima necessária para manter o mercado estruturado e o limite aceitável para a sobrevivência das empresas.
E muito mais...
VEJA MAIS EDIÇÕES


Copyright © 2019         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital