NOTÍCIAS
Banda larga fixa cresceu 12% durante a pandemia de Covid-19
Por: Redação da Abranet - 09/09/2021

A banda larga fixa teve um acréscimo no ritmo de crescimento do serviço, com o número de acessos crescendo 12% entre março de 2020 e fevereiro de 2021 e alcançando aproximadamente 37 milhões de acessos. É isso que mostra o relatório sobre impacto da pandemia de Covid-19 nas telecomunicações divulgado pela Anatel nesta quarta-feira, 8/9. 

A faixa de velocidade de banda larga acima de 34 Mbps teve a maior taxa de crescimento. Além de haver o crescimento do serviço como um todo, houve também uma substituição de contratos de menor velocidade para maior velocidade e uma substituição da tecnologia, com crescimento de acessos de fibra ótica e retração de acessos com outras tecnologias.

“Diferentemente de alguns outros setores atuais de infraestrutura, que tiveram forte queda de sua demanda em função de redução das atividades - notoriamente o setor de transportes, aviação entre alguns outros – o setor de telecomunicações teve uma expectativa de incremento de demanda de serviços de uso de redes, em função da reordenação de inúmeras atividades diárias como trabalho, estudo etc, pela necessidade do distanciamento social”, diz o relatório da agência.

O relatório apontou também que houve um aumento substancial dos IRs (Índice de Reclamações) em reclamações, especialmente em Banda Larga Fixa e TV por assinatura. Progressivamente, as prestadoras conseguiram dar endereçamento às reclamações reduzindo os índices. Contudo, houve um aumento repentino das IRs nos últimos meses. O perfil da quantidade de reclamações de banda larga fixa foi relativamente próxima ao período anterior da pandemia, sendo os motivos de cobrança e qualidade as principais reclamações mencionadas. 

Com relação aos impactos e efeitos da pandemia, citados pelos especialistas da Anatel em questionário online aplicado em julho de 2021, o aumento abrupto e repentino da demanda por banda larga fixa e a adoção, também abrupta, do trabalho remoto foram os mais preponderantes. Tais efeitos causaram uma certa pressão de demanda nas redes bem como um forte desafio de adoção rápida, súbita e não planejada de nova rotina de trabalho, com ferramentas digitais de trabalho e reuniões online.

O relatório apontou que as principais respostas do setor de telecomunicações brasileiras à crise da pandemia foram a otimização das redes de telecomunicações e a implantação e adoção de ferramentas de trabalho remoto e educação a distância. 

>>> Confira aqui a 2ª edição do relatório analítico do impacto da pandemia de Covid-19 no setor de telecomunicações do Brasil. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
27/09/2021
20/09/2021
09/09/2021
31/08/2021
31/08/2021
23/08/2021
18/08/2021
20/07/2021
16/07/2021
13/07/2021


Copyright © 2014-2021         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital