NOTÍCIAS
Brasil sofreu 1395 tentativas de ataques de malware por minuto
Por: Da Redação da Abranet* - 02/09/2021

Os ciberataques tiveram um incremento de 23% nos oito primeiros meses do ano no Brasil, em comparação com o mesmo período do ano anterior, afirma o relatório Panorama de Ameaças 2021 da Kaspersky, empresa de software de segurança. O estudo anual feito pela equipe de Pesquisa e Análise da empresa na América Latina leva em conta os 20 malware mais populares. Juntos, eles totalizaram 481 milhões de tentativas de infecção, média de 1.395 bloqueios por minuto. Especialistas concluíram que a segurança do trabalho remoto precisa ser levada a sério e a pirataria deve ser removida das casas e ambientes empresariais.

A tendência de crescimento é verificada em todos os países da América Latina, exceto pela Costa Rica, com queda de 2%. A lista é liderada por Equador (75%), Peru (71%), Panamá (60%), Guatemala (43%) e Venezuela (29%). No total, a Kaspersky registrou 2.107 ataques por minuto dos top 20 malware na região. Nesse quesito, o Brasil lidera com 1.395 tentativas de infecção por minuto, seguido por México (299 bloqueios/min), Peru (96 bloqueios/min), Equador (89 bloqueios/min) e Colômbia (87 bloqueios/min).

Para Dmitry Bestuzhev, diretor da Equipe de Pesquisa e Análise da Kaspersky na América Latina, o alto índice de programas piratas na região auxilia o cibercrime. “Quando analisamos os bloqueios realizados por nossas tecnologias, identificamos famílias de malware que nos permitem dizer que os internautas latino-americanos procuram as ameaças, pois são disseminadas por meio da pirataria de programas”, explica.

Os ataques de phishing (mensagens fraudulentas) estão diminuindo, mas diversos países latinos ainda estão entre os mais atacados no mundo. Considerando a proporção de usuários atacados em 2021, o ranking mostra o Brasil na primeira colocação com 15,4% dos internautas registrando tentativas de ataque. As primeiras posições ainda trazem o Equador (13,4%), Panamá (12,6%), Chile (12%) e Colômbia (11%). Venezuela (7,2%) e República Dominicana (5,62%) estão entre os países com menos ataques de engenharia social no mundo.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
16/09/2021
02/09/2021
23/08/2021
06/07/2021
21/06/2021
28/08/2020
15/05/2020
13/02/2020


Copyright © 2014-2021         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital