Publicada em: 15/10/2020 às 12:00
Notícias


Fintechs mostram sua força no cadastramento para o PIX
Da Redação da Abranet*

O Banco Central informou nesta quarta-feira, 14/10, que chegou a 33,7 milhões de cadastros de "chaves" de identificação para uso do PIX, o novo sistema de pagamentos e transferências desenvolvido pela instituição. E o modelo prova a força das fintechs e dos bancos digitais. Nas três primeiras posições despontam: O Nubank, com 8 milhões de chaves cadastradas, O Mercado Pago, com 4,7 milhões de chaves, e o PagSeguro, com 4,3 milhões. Entre os bancos tradicionais, o Bradesco surge com 3,7 milhões e a Caixa Econômica Federal, com 2,4 milhões.

Desde o dia 5 de outubro, os brasileiros podem cadastrar suas informações nos bancos e instituições de pagamento para o uso do PIX. A partir de 3 de novembro, começará uma fase de testes do PIX, em que o serviço será disponibilizado para alguns clientes selecionados.Os pagamentos e transferências por meio do novo serviço para todos os clientes cadastrados, em todo o país, só serão possíveis a partir de 16 de novembro.

A "chave PIX" é a informação que vai identificar um cliente e a conta bancária dele no sistema. Essa chave poderá ser um número de celular, um e-mail, o CPF ou o CNPJ. Leia mais abaixo neste texto como cadastrar uma chave para usar o PIX. O cadastramento é necessário para aqueles que pretendem utilizar o PIX em transações financeiras, mas não é obrigatório.


Powered by Publique!