Publicada em: 11/12/2020 às 17:49
Notícias


Primeira ligação de cabos submarinos entre Brasil e Europa entra em fase de final de instalação
Redação da Abranet

A EllaLink anunciou na última quinta-feira (10/12) que está programada para o início da próxima semana, em Fortaleza (CE), a ancoragem do cabo submarino de fibra óptica de seu sistema de baixa latência que ligará o Brasil à Europa. Ao todo, serão cerca de 6 mil quilômetros de cabos de alta capacidade que conectarão a capital cearense a Sines, em Portugal.

Esta ligação entre Brasil e o continente europeu com cabos submarinos de fibra óptica de alta capacidade está prevista há cinco anos e o projeto inicial, lançado no governo Dilma Rousseff, tinha sociedade da Telebras.    

Fortaleza está mais próxima do continente europeu do que da América do Norte. Isso, segundo a EllaLink, permite reduzir em até 50% a latência entre América Latina e Europa, em relação aos sistemas utilizados atualmente, que atravessam pelo Atlântico Norte.

De acordo com Diego Matas, diretor de operações (COO) da EllaLink, a ligação entre ambos continentes é um momento histórico por oferecer conexões diretas entre a América Latina e a Europa com delay de apenas 60 ms, o que significa um avanço notável frente à perspectiva atual da latência transatlântica. 

Além disso, o Consórcio BELLA, formado por GÉANT (Rendes Nacionais de Pesquisa da Europa) e a RedCLARA (Redes Nacionais de Pesquisa e Educação da América Latina), beneficiará comunidades de pesquisa e educação se beneficiarão da ligação direta entre os dois continentes fornecida pela EllaLink.

A rede EllaLink também ligará o Ceará à Região Sudeste, conectando São Paulo e Rio de Janeiro. Na Europa, a EllaLink oferece links protegidos para datacenters em Lisboa, Madri e Marselha, atendendo à crescente demanda por conteúdo digital entre a Europa e a América Latina ao lado de seus parceiros Equinix e Interxion.


Powered by Publique!