NOTÍCIAS
Fibracem flexibiliza linha de crédito para pequenas empresas de Internet
Por: Roberta Prescott - 09/08/2021

Obter financiamento para projetos de infraestrutura de rede normalmente pode ser um entrave na vida do provedor de internet. Conforme pontuou Kesley Machado, líder financeiro da Fibracem, desde o ano passado, em decorrência da crise causada pela pandemia, houve uma restrição no crédito. “A empresas que liberavam crédito fecharam a torneira do crédito com medo da inadimplência, mas, na contração, os ISPs precisavam investir, porque estavam com alta de demanda. Nós já éramos opção para crédito e não restringimos o crédito”, destacou em entrevista.

A empresa especializada no setor de comunicação óptica divulgou que está flexibilizando, a partir de agora, a linha de crédito a pequenos provedores, com o objetivo é possibilitar que eles continuem investindo na expansão da distribuição de internet, além de possibilitar que eles gerem fôlego no fluxo de caixa, em tempos de oscilação econômica.

Entre as opções de pagamento que a Fibracem trabalha atualmente constam a parceria que já tem dois anos com o Santander Financiamentos, além de cartão de crédito, crédito Fibracem, Cartão BNDES e Finame. “Temos aqui um financiamento direto com a Fibracem que é para todos os perfis de provedores de internet, independentemente do porte e também trabalhamos com parcelamento”, disse o CFO. 

Para este ano, a Fibracem abriu mais a condição de parcelamento, expandindo de 90 a até 180 dias, de acordo com perfil do cliente e a análise de risco dele. “Também tentamos flexibilizar as condições para clientes novos para atender à necessidade deles”, acrescentou.  

“Hoje, o banco que tem liberação de crédito para provedor de internet é o Santander. Existe também uma linha BNDES, mas tem tantos critérios que a empresa tem de dar OK, como certidões negativas, índice de endividamento… No Santander, estão analisando mais pelo mercado, pelo setor; e para eles o setor de provedor de internet é pagador”, explicou.   

Alta expectativa

A demanda por infraestrutura de rede teve impactos positivos no faturamento da Fibracem. A companhia fechou o primeiro semestre de 2021 com crescimento de faturamento de 43% em relação ao mesmo período de 2020. Foi, segundo Kesley Machado, resultado do aumento da confiança do investidor com o mercado em alta devido ao avanço da vacinação.

A projeção de incremento no faturamento da empresa para este ano em relação a 2020 é de 40% de faturamento. O que tem puxado a alta no mercado, destacou Machado, é a abertura de redes e novos pontos de acesso. “O crescimento está acontecendo. Em 2020, devido ao home office, houve a necessidade de atualização das redes”, disse.  

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
13/09/2021
30/08/2021
26/08/2021
17/08/2021
09/08/2021
04/08/2021
27/07/2021
12/05/2021
05/05/2021
03/05/2021


Copyright © 2014-2021         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital