NOTÍCIAS
Google removeu 709 mil apps da loja online em 2020
Por: Da Redação da Abranet* - 23/04/2021

A Google informou que removeu 709 mil aplicativos por violação de políticas da Google Play em 2020. Segundo a empresa, cerca de 119 mil contas de desenvolvedores mal-intencionados ou que praticavam spam foram excluídas no mesmo período. 

Segundo comunicado desta sexta, 23/4, mais de 962 mil aplicativos em desacordo com as regras da loja online foram identificados por modelos de aprendizado de máquina e, por isso, foram impedidos de serem incluídos na loja de apps da Google. 

“A Google Play Protect escaneou mais de 100 bilhões de aplicativos em busca de malwares, para aumentar a segurança das pessoas que frequentam a loja on-line em busca de ferramentas úteis e confiáveis para diversas finalidades, seja sobre informações a respeito da vacina de Covid-19 ou novas formas de entretenimento, delivery, comunicação e mais”, informou a empresa. 

No caso da Covid-19, novas políticas passaram a exigir que aplicativos relacionados a usos sensíveis, como apps com informações sobre testes, devem ser desenvolvidos por órgãos oficiais do governo ou por organizações do setor de saúde e devem atender aos mais altos padrões de privacidade sobre dados de usuários.

“No ano passado, continuamos a reduzir o acesso de desenvolvedores a permissões sensíveis. Em fevereiro, anunciamos uma nova política de localização em segundo plano para garantir que os aplicativos que solicitam essa permissão precisem dos dados para fornecer um benefício claro ao usuário. Como resultado da nova política, os desenvolvedores agora precisam demonstrar esse benefício e informar os usuários sobre ele de modo claro, caso contrário os apps podem ser removidos da Google Play.”

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
18/06/2021
08/06/2021
04/06/2021
31/05/2021
17/05/2021
12/05/2021
23/04/2021
30/03/2021
16/03/2021
16/03/2021


Copyright © 2014-2020         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital