Publicada em: 17/08/2021 às 11:42
Notícias


São Paulo disparou no uso do PIX como meio de pagamento
Da Redação da Abranet*

Menos de um ano em funcionamento e o PIX mantém ritmo acelerado de adesão e supera em muito os tradicionais meios de pagamentos no país. Até junho, o Pix registrou movimentação de R$1,6 trilhão por meio de 2,4 bilhões de operações bancárias.

O volume de transações até a data estudada superou em quase três vezes as operações feitas com TED e DOC no período, considerando os dados somados. Foram realizados 99 milhões de movimentações usando TED e 743 milhões utilizando o DOC.

Os dados, que foram apurados e divulgados pela Fiquem Sabendo, agência de dados especializada na Lei de Acesso à Informação (LAI), também mostram que os valores envolvidos nos pagamentos com Pix são muito superiores às outras formas de pagamento. Enquanto o Pix está na marca de R$1,6 trilhão, o TED alcançou R$4,7 bilhões e o DOC, R$ 70,4 milhões.

O estudo revelou também que os estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraná, respectivamente, foram os que mais movimentaram quantias com o meio de pagamento. A capital de São Paulo está em destaque quando o assunto é a aderência ao método, que no mês de lançamento registrou 3,1 milhões de operações e em junho disparou para 82,3 milhões.


Powered by Publique!