NOTÍCIAS
BNDES promete ampliar financiamentos para provedores regionais e redes neutras
Por: Da Redação da Abranet* - 28/09/2021

O BNDES promete lançar, “em breve”, mecanismos de financiamento mais agressivos voltados a provedores regionais e as empresas de redes “neutras”, ou “Infracos” – ou seja, produtos nos quais o banco de fomento assume maiores riscos na garantia dos empréstimos. 

“Em breve vamos anunciar algo mais concreto, onde a gente tem uma matriz de risco, a capacidade de assumir risco, mais concreta para provedores regionais e Infracos”, afirmou o presidente do banco, Gustavo Montezano, ao participar nesta terça, 28/9, do Painel Telebrasil 2021. 

“A cada R$ 100 milhões que libera para provedores regionais a gente está falando em algo da ordem de 300 mil a 400 mil acessos. Não quero dar ‘spoiler’, mas o time trabalha para que em breve a gente possa anunciar ações mais concretas, seja em fundos garantidores, em instrumentos de debêntures e participações do BNDES em operações de financiamento a projetos com menos recourse contra os acionistas”, explicou Montezano. 

Como reforçou, “com musculatura de capitalização e conhecimento setorial, o banco tem função, especialmente junto a pequenos provedores, de assumir um pouco mais  de risco. E o mesmo vale para as Infracos, onde o banco deve e irá fazer o passo de ser capaz de ofertar produtos non recourse ou limited recourse nos project finance. O nosso desafio é assumir mais riscos e ter produtos mais adequados para cada um dos players”. 

Financiamentos de projetos em modalidades de limited ou non recourse significam empréstimos que exigem menos garantias, ou nenhuma, dos acionistas – vale dizer, que o patrimônio dos acionistas é protegido ou limitado a determinada parte do valor tomado.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
13/10/2021
08/10/2021
05/10/2021
28/09/2021
16/08/2021
05/08/2021
26/07/2021
26/07/2021
22/07/2021
21/07/2021


Copyright © 2014-2021         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital