NOTÍCIAS
ISPs regionais impulsionam e banda larga fixa supera a móvel nos lares do Brasil
Por: Por Luis Osvaldo Grossmann* - 16/09/2022

O IBGE divulgou nesta sexta-feira, 16/9, dados da TIC PNAD Contínua, e a retomada desse levantamento mostra diferenças significativas na conectividade dos brasileiros entre 2019 e 2021 e dois resultados inéditos: pela primeira vez foram identificados mais domicílios no país com banda larga fixa (83,5%) do que móvel (79,2%). E também pela primeira vez o número de aparelhos de TV conectados é maior que o de computadores. 

Os smartphones continuam absolutos como dispositivos para navegar na rede, usados em 99,5% dos domicílios em 2021. A surpresa foi o salto superior a 10 pontos percentuais das TVs conectadas, usadas em 44,4% dos lares (eram 32,3% em 2019), enquanto os computadores com acesso à internet estão em 42,2% dos domicílios (45,2% em 2019, em queda constante desde 2016, quando 57,2%). 

“As conexões tanto fixas quanto móveis apresentam tendência de crescimento desde 2016, sendo que esta foi a primeira queda do percentual da banda larga móvel [81,2% para 79,2%]. Esse pode ser um fenômeno relacionado à pandemia, já que no ano de 2021 as pessoas tiveram que manter isolamento social, portanto era menos necessária a banda larga móvel, enquanto a internet fixa em casa permite várias pessoas usando simultaneamente. Vamos observar se essa tendência se mantém ou se a banda móvel volta a superar a banda fixa”, disse a analista da pesquisa, Flávia Vinhaes. 

Além disso, completou, existe um outro movimento, relacionado à ampliação das ofertas de banda larga fixa, especialmente em regiões que apresentavam cobertura menor. No Norte, por exemplo, onde aumentou mais a utilização da fixa [passou de 54% para 70%], estava fortemente relacionada à expansão da fibra ótica”, disse a analista do IBGE. 

“Conversando com recenseadores do Norte e do Nordeste, percebemos que houve um boom de provedores locais de fibra ótica, que têm custo menor que a banda larga móvel. No Nordeste isso já aparecia em 2019. E agora isso aconteceu para todo o Brasil, especialmente no Norte”, completou a também analista do IBGE, Alessandra Brito. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
26/09/2022
16/09/2022
16/09/2022
05/09/2022
23/08/2022
16/08/2022
12/08/2022
12/08/2022
05/08/2022
28/07/2022


Copyright © 2014 - 2022         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital